Registro de Marca

4 riscos que você corre ao não registrar sua marca no INPI

Gerenciar uma empresa e consolidá-la no mercado requer muita dedicação e esforço. E, em meio a tantas atividades sob sua responsabilidade, é comum que os empresários acabem esquecendo certas obrigações.

É o caso, por exemplo, do registro de marcas e patentes. Muitas vezes, o executivo até sabe da necessidade de registrar a marca da sua empresa, mas não considera como uma de suas prioridades.

Contudo, o registro é fundamental para garantir que a marca seja única, além de agregar valor para o negócio, o que dá destaque frente à concorrência. Outro fato importante a destacar é que se não registrar a marca junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), sua empresa fica desprotegida e pode ter grandes prejuízos.

Por isso, se você ainda não garantiu o registro da sua marca, acompanhe este artigo! Nele, vamos listar os 4 principais riscos que você pode estar correndo. Confira!

Os 4 principais riscos que você corre ao não registrar sua marca no INPI

1. Não ter direito de propriedade sobre sua marca

Ideias para registrar sua marca

Um dos grandes riscos de não registrar sua marca é que você não terá o domínio nem o direito sobre ela. Conforme a Lei n. 9.279/96 — a Lei de Propriedade Industrial —, o registro junto ao INPI garante o direito de propriedade sobre a marca e proteção legal de exclusividade em todo o território nacional.

Assim, caso alguma empresa esteja usando o mesmo nome que você e tenha o registro, é ela que terá propriedade e todos os direitos garantidos sobre a marca. Em contrapartida, sem o registro sua empresa ficará desprotegida e não terá nenhum direito.

2. Receber uma intimação judicial

É comum que empresários não se preocupem com o registro de marca porque acreditam que não vão copiá-lo ou sequer imaginam a existência de outra empresa com o mesmo nome.

Esse é um grande engano. Mesmo que sua marca seja bastante conhecida no mercado ou que você tenha começado a utilizar o nome muito antes da outra empresa, você não terá exclusividade da marca se não registrá-la. Além disso, não poderá impedir que outros copiem seu nome, utilizem sinais semelhantes ou até mesmo que façam uso indevido.

Assim, uma empresa de mesmo nome que é registrada no INPI pode requerer na justiça o uso da marca. Com isso, você corre o risco de receber uma intimação, tendo de lidar com processos judiciais. Em alguns casos, pode ser necessário, inclusive, o pagamento de indenização.

3. Ter que reconstruir a reputação da empresa

Caso você tenha que interromper o uso da marca, acarretará grandes danos para ao seu negócio. Além de mudar o nome, todos os pontos de contato que conectam sua marca ao consumidor terão de ser refeitos, resultando em prejuízo financeiro.

Você mais do que ninguém sabe que consolidar uma marca no mercado é um caminho árduo e pode levar anos. Ainda que uma empresa esteja no início, qualquer trabalho para criar sua reputação poderá ser em vão caso sua empresa esteja desprotegida.

É importante lembrar que a marca é um fator crucial para o crescimento dos negócios, sendo muito valorizado pelo consumidor, visto que agrega valor ao produto. Por isso, perder o uso da marca pode acarretar também a perda de credibilidade perante o público, colocando sua empresa em risco.

4. Perder oportunidades de negócio

Registre sua marca e esteja na frente

Sem credibilidade, você pode perder não apenas consumidores e clientes em potencial, mas também oportunidades de negócio. Com uma marca registrada, você pode investir no crescimento e na expansão da empresa, por meio do licenciamento, franquia ou venda da marca, a fim de gerar receitas.

Dessa forma, caso a empresa venha a prosperar no mercado, uma marca registrada pode adquirir valor financeiro, tornando-se um dos grandes patrimônios do negócio. O registro garante, portanto, a valorização da marca e o devido amparo legal para que você conduza os negócios com segurança e tranquilidade, tendo todos os seus direitos protegidos.

E você? Já garantiu o registro da marca de sua empresa? Não corra mais riscos e garanta seus direitos protegendo sua marca no INPI! Saiba mais em nosso site: www.anelmarcas.com

DEIXE UM COMENTÁRIO