Marcas e Patentes

Entenda a diferença entre marca e branding

Não são poucos os desafios que uma nova empresa deve enfrentar para conquistar seu espaço no mercado. Nesse contexto, é imprescindível ter uma marca forte e um bom branding para superar a concorrência e ganhar reconhecimento do público.

Você já deve saber que um dos primeiros passos para isso é fazer o registro de marca ou o registro de patentes, certo? Mas também é preciso compreender bem a diferença entre marca e branding. Muitas vezes confundidos, a diferenciação entre os conceitos é fundamental para criar estratégias efetivas e ter sucesso no empreendimento.

Por isso, fique atento neste artigo. Vamos explicar a diferença entre marca e branding e falar sobre o conceito de cada um. Confira!

Aluna pesquisando sobre diferença entre marca e branding.

O que é marca?

A marca está ligada, sobretudo, à identidade visual do negócio e é comumente associada a um símbolo e ao logotipo da empresa. Nesse sentido, ela envolve os diversos aspectos visuais ligados ao nome da empresa, como símbolos gráficos, cores, elementos figurativos, entre outros.

Mas, para criar uma marca forte e efetiva, é preciso ir além. É necessário considerar, por exemplo, a experiência que o cliente terá com esse elemento e a forma como você vai transmitir seus valores através da marca.

Isso significa que, além do formato visual que será associado ao nome da sua empresa, a marca deve englobar tudo que está ligado ao seu negócio e que de alguma forma afetará a percepção dos consumidores.

A marca deve ser, portanto, uma representação simbólica e visual de tudo o que representa a empresa. Isso contribui para a forte identificação do seu negócio e para agregar valor ao produto ou serviço, influenciando na decisão de compra dos consumidores.

Administradora explicando a diferença entre marca e branding.

O que é branding?

O branding, por sua vez, significa gestão de marcas. Dentre alguns dos principais fatores considerados nessa atividade estão:

  • Missão e visão da empresa
  • Crenças e valores
  • Objetivos e propósito
  • Imagem e a mensagem a serem transmitidas pela empresa a seu público.

Nesse sentido, o branding é uma atividade estratégica e de planejamento, que tem como objetivo construir uma percepção positiva da sua marca por parte dos consumidores.
Para que uma empresa desenvolva uma boa gestão de marcas, é preciso:

  1. Conhecer bem o seu público-alvo;
  2. Estabelecer o posicionamento da empresa no mercado;
  3. Estudar seu ramo de atuação;
  4. Entender as melhores formas de comunicação com os clientes;
  5. Criar experiências marcantes e positivas para os consumidores.

Tudo isso gera reconhecimento da empresa por seu público, cria uma boa reputação no mercado e mais: cria uma forte presença na mente dos consumidores, associando a marca ao produto de maneira efetiva e positiva.

A diferença entre marca e branding

Como você viu, os conceitos estão relacionados, mas têm suas diferenças. Podemos dizer que o branding antecede a marca. É a partir de uma gestão de marcas, isto é, de um estudo estratégico e planejado, que deve-se criar a marca.

Por isso, é importante fazer o branding antes de lançar o produto ou serviço no mercado. Um bom estudo de branding será capaz de fazer a empresa entender não apenas quem é seu público, mas também qual a sua posição no mercado.

Tudo isso ajuda a criar uma marca efetiva, certeira e direcionada às necessidades e aos desejos do público, estabelecendo uma forte ligação com ele.

O resultado é que sua empresa não terá apenas um nome e um elemento visual, mas estará presente na mente dos consumidores, que passarão a ligar um produto/serviço diretamente à sua marca.


E agora, está mais clara a diferença entre marca e branding? Para ficar por dentro das melhores estratégias e ações para consolidar sua empresa no mercado, continue acompanhando o nosso blog e saiba como proteger a sua marca!

DEIXE UM COMENTÁRIO