Empreendedorismo

4 estratégias de branding para sua empresa

Muito se fala em marca, que devemos registrá-la (aliás, você deve fazer isso para ter os direitos sobre ela garantidos), que devemos criar o logo e o nome dessa marca. Mas você já ouviu falar sobre branding?

O branding é um termo novo que surgiu junto com o marketing digital e a era da tecnologia. Porém, muitas empresas vêm fazendo branding desde décadas antes da era da tecnologia. O branding nada mais é do que a gestão da marca

Uma vez que temos uma marca é preciso gerenciá-la e fazer com que o público reconheça e se identifique com ela. Por conta disso, é preciso fazer um planejamento estratégico para atingir esses objetivos. 

Dessa forma, o profissional de marketing da empresa ou mesmo o empreendedor, quando a empresa ainda é pequena, precisa criar estratégias de branding para que a sua marca se mantenha bem definida e para melhorar ou construir a percepção do consumidor em relação ao negócio.

Para isso, a seguir, listamos quatro estratégias de branding para aplicar na sua empresa e melhorar a gestão da marca. Confira!

1. Boa identidade visual

Esse é um dos pontos importantes para que os consumidores possam, apenas ao olhar seu logo ou fotos de redes sociais, já identificarem a sua marca. Sendo assim, logo, fontes, cores, características e estilo de foto devem seguir um único estilo, pois é preciso que haja uma ligação visual e conceitual por trás de todos esses elementos.

Por exemplo, você pode escolher uma paleta de cores para a sua marca e utilizar somente ela em todas as publicações, inclusive no logo. Aliás, quando citamos publicações, estamos nos referindo às fotos das redes sociais, aos panfletos e a todo outro material gráfico que houver.

Ao ter uma marca bem alinhada, fica mais simples dos consumidores reconhecê-la em qualquer lugar. Então, elabore um manual de marca, em que deve constar a paleta de cores que deve ser utilizada pela sua marca, junto com os códigos de cada cor, bem como a fonte para os materiais gráficos e web, o logo na versão colorida e na versão para fundos coloridos, e outras formas que o logo da marca pode ser utilizado. Assim, haverá uma padronização. 

Além disso, tenha uma pasta salva em seu computador com as fotos de referência para a sua marca. Dessa forma, fica mais fácil de criar tudo a respeito dela, desde o material gráfico (panfleto, embalagens e cartão de visita) até as postagens para o Instagram, Facebook e vídeos para o YouTube.

branding

2. Marketing de experiência

O marketing de experiência quando bem feito faz com que o próprio cliente queira divulgar a sua marca de graça. Isso porque ele teve uma boa experiência com ela como um todo e isso só já é um motivo para ele postar uma foto nas redes sociais ou falar para os amigos.

Então, se você é uma loja física, por exemplo, ofereça um bom atendimento, dê lembrancinhas para os seus clientes, entre outras ações. Assim, ele vai se sentir bem ao estar comprando com você e vai divulgar. 

Já, se você tem uma loja online, envie os produtos em embalagens bacanas, com brindes. Além disso, faça postagens que engajam nas redes sociais, crie templates bacanas para os stories do Instagram e interaja com seus seguidores.

branding

3. Presença digital bem definida

Acabamos de falar sobre as lojas físicas e virtuais. Apesar de ambas terem formas diferentes de vender, as duas precisam ter presença digital bem definida. Para isso, é importante investir em marketing digital, para investir em estratégias que farão sentido para o seu negócio.

Sua empresa precisa estar presente nas redes sociais e, se possível, ter um blog. Assim, é necessário ter uma frequência de postagens, analisar os resultados e interagir com os seguidores. 

Dessa forma, eles sentem que sua marca tem carinho e dá atenção a eles. Por conta disso, eles começam a sentir mais empatia por sua marca e quererem comprar produtos dela. 

branding

4. Produção de conteúdo

Falar de presença digital sem falar de produção de conteúdo não faz muito sentido. Tenha em mente que conteúdo é valioso no marketing e no branding. Por isso, ao ter um perfil no Instagram, por exemplo, faça um planejamento de conteúdo que seja relevante para o seu público. 

Selecione tópicos que quer falar com seus seguidores e planeje o conteúdo em si. Não esqueça de alinhar isso com o marketing de experiência. 

A Coolmmerce é um exemplo de marca que tem o seu branding bem feito, com todos as 4 estratégias que falamos até agora bem aplicadas. Acesse o Instagram da marca e veja as cores que ela usa, o design das postagens, o conteúdo que é produzido no feed e nos stories e o marketing de experiência que ela faz.

branding

Aproveite e pesquise por outras referências de marcas e veja o que elas estão aplicando. Assim, você aprende como faz e cria um branding exclusivo para a sua marca.

Aliás, aproveite as estratégias que citamos na nossa lista e comece a aplicá-las na sua marca. Com um branding bem resolvido sua empresa vai se destacar e ser identificada melhor pelos seus clientes.

DEIXE UM COMENTÁRIO